18 julho 2011


"Ler,Viver e Amar em Los Angeles"

4

Algumas comem.A maioria faz compras.Há aquelas que fumam ou bebem.Outras ligam para o terapeuta,já Dora cura sua tristeza lendo...

Dora é uma mulher que aparentemente consegue tudo,mas definitivamente ela não é assim,ela tem seus medos que as vezes é meio bobos,e cada vez que tem um problema serio,entra em seus mundinho literário,aonde fica dias e dias.Compulsiva assumida Dora,sempre tem um bom livro para recomendar para as pessoas a sua volta.

A história gira em torno de Dora e seus amores e desencantos,o que dá para perceber nessa história é que conta exatamente como as mulheres de hoje em dia se sentem,o livro não é perfeito, pois a nossa vida também não é.

As autoras,bom todos dizem que quando livro é escrito por duas pessoas vira bagunça,mas esse não é assim,elas fazem com que a história interaja entre si,fazendo um livros gostoso de se ler

Opinião
Bom esse seria um livro que eu não terminaria de ler,mas surpreendentemente o livro foi me conquistando aos poucos fazendo eu ficar viciada nele. Olha não posso classifica-lo com ótimo, mas ele é um livro realmente bom

4 comentários:

Aione Simões disse...

O livro parece ser bem interessante, e é ótimo quando consegue nos surpreender!
Fiquei curiosa ;)
Beijos!

Vanvan disse...

Oii, mais uma coincidência, também resenhei este livro hoje no meu blog.
Eu gostei bastante dele, na verdade adorei a história, se quiser dar uma olhada....

http://balaiodelivros.blogspot.com/2011/07/ler-viver-e-amar-de-kennifer-kaufman-e.html

Julia G disse...

Evih, também não daria muito pela história do livro, mas é tão bom quando nos supreendemos, não é?

Ah, agora que eu li seu post anterior, e simplesmente ADORO o LV do Skoob ;)
Já estou inscrita em vários (nem sei mais quantos) ;x

Beijinhos
Conjunto da Obra

Entre Fatos & Livros disse...

Já li outras críticas positivas desse livro. Embora não seja minha primeira alternativa de leitura, eu gostaria de lê-lo. Espero algum dia ter a oportunidade.

BjoO
Pri
Entre Fatos e Livros

Postar um comentário